Início

Monthly Switch #Abril2024

Em inglês, “to switch” significa mudar, trocar ou alternar. E na Biologia Sintética, um “switch” representa um mecanismo de controle, uma espécie de interruptor biológico projetado para ativar ou desativar funções específicas em resposta a estímulos. Da mesma forma, em “Monthly Switch”, exploraremos diversos temas a cada mês, alternando entre diferentes áreas da SynBio. E […]

Jornadas na SynBio #Abril2024

Conhecendo a comunidade  O Jornadas na SynBio tem como objetivo conhecermos um pouco da intrincada rede que impulsiona a biologia sintética no Brasil. Neste tópico especial, mergulharemos nas histórias e paixões que estão moldando a cena da synbio em nosso país.  Neste Jornadas na SynBio, vou contar pra vocês um pouco sobre a minha jornada […]

Jornadas na SynBio #Março2024

Conhecendo a comunidade  O Jornadas na SynBio tem como objetivo conhecermos um pouco da intrincada rede que impulsiona a biologia sintética no brasil. Neste tópico especial, mergulharemos nas histórias e paixões que estão moldando a cena da synbio em nosso país.  Entre nossos diretores da SynBioBR, o Diretor de Política e Regulamentação, Paulo Muniz, nos […]

Monthly Switch #Março2024

Em inglês, “to switch” significa mudar, trocar ou alternar. E na Biologia Sintética, um “switch” representa um mecanismo de controle, uma espécie de interruptor biológico projetado para ativar ou desativar funções específicas em resposta a estímulos. Da mesma forma, em “Monthly Switch”, exploraremos diversos temas a cada mês, alternando entre diferentes áreas da SynBio. E […]

Empreendedorismo e Inovação na Biologia Sintética

A biologia sintética se apresenta como uma área muito próxima da inovação, não só no meio acadêmico, mas também no setor privado, trazendo grandes possibilidades de desenvolvimento de produtos e técnicas inovadoras. O terreno fértil para expandir as técnicas como conhecemos e que continuam se desenvolvendo está muito ligado à popularização da engenharia genética feita […]

Escherichia coli: A história e os usos de suas linhagens na biologia sintética

A Escherichia coli, ou E. coli para os íntimos, é o exemplo mais clássico e comum nos experimentos de biologia sintética. E não por acaso; hoje, o nível de conhecimento acumulado sobre a bactéria e a facilidade de se trabalhar com ela em laboratórios com recursos limitados tornou-a um organismo modelo para pesquisa em diversas […]

Como as sequências e tags contribuem para a expressão de proteínas

Na produção de proteínas e enzimas de interesse industrial e farmacêutico, é muito comum utilizar sistemas procariontes de expressão.  Entretanto, em alguns organismos, como E. coli, a expressão é às vezes dificultada por propriedades bioquímicas da proteína, do padrão de uso de códons e das estruturas secundárias no transcrito.  Além disso, é importante que o […]